Período de defeso dos caranguejos começa neste sábado (1)


De: Secretaria de Meio Ambiente
Texto: Rodrigo Elias| Foto: assessoria
Criado: 30 de setembro de 2022

Tem início no próximo sábado (1) o período de defeso do caranguejo-uçá, que se estenderá até o dia 30 de novembro para machos e fêmeas, seguindo até 31 de dezembro apenas para as fêmeas. Para o Guaiamum, o ciclo de proteção é de 1º de outubro a 31 de março.

Neste período, fica vedada a captura, a manutenção em cativeiro, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, o armazenamento e a comercialização do animal. Durante os dias da andada, também é proibida a venda de partes isoladas da espécie (pinças, garras ou carne desfiada).

Durante o período do defeso, o transporte e a comercialização dos produtos declarados deverão estar acompanhados, desde a origem até o destino final, de Guia de Autorização de Transporte e Comércio, emitida pelo Ibama, após comprovação de estoque. 

A Secretaria de Meio Ambiente atuará com ações de educação ambiental e fiscalização no município. Caranguejos-uçá e guaiamuns apreendidos vivos em situação irregular serão devolvidos a seu habitat. A infração pode resultar em uma pena de até três anos de reclusão e multa.

A população pode contribuir com os trabalhos dos fiscais, denunciando a quebra do defeso para a Fiscalização Ambiental, pelo telefone 162 da Ouvidoria Municipal.

DEFESO 

O defeso é o período de crescimento do caranguejo, que passa por um processo de muda (troca de carapaça). O crustáceo se recolhe à sua toca, rompe a carapaça e fica "entocado", para que uma nova carapaça maior se forme e enrijeça. O defeso serve para proteger a espécie durante esse período, época em que fica vulnerável à captura. 



SERVIÇOS PARA