Estudantes transformam poesia em Hip Hop em dia de apresentações na escola


De: Secretaria de Educação
Texto: Brenda Scota| Foto: assessoria
Criado: 15 de agosto de 2022

Pensando em estimular os alunos a participarem do Concurso Literário Entre Versos e Rimas, a bibliotecária Ferdinanda Zanella e a professora Edilva Soares, da UMEF Guilherme Santos, decidiram levar a cultura do hip hop para a sala de aula.

 “Queríamos estimular nossos alunos a escreverem poemas para participarem do concurso literário. Precisávamos pensar em uma ideia que os estimulasse a produzir e nós sabíamos que eles tinham interesse pelo hip hop. E como muitas letras de rap são feitas a partir da poesia, criamos o projeto Rap na Escola”, explicou a bibliotecária Ferdinanda. 

Para começar, a professora Edilva levou os alunos para a biblioteca. Lá, eles conheceram todas as edições anteriores do Entre Versos e Rimas e analisaram as poesias contempladas no livro. Depois, aprenderam e foram estimulados a escrever seus próprios poemas e se inscrever no concurso literário.

A ideia deu tão certo que a escola tem quatro produções de alunos e professores presentes na próxima edição do Entre Versos e Rimas. E teve comemoração. Os alunos foram para a quadra e deram voz às suas poesias. Se divertiram, cantaram e tiveram uma surpresa: a apresentação do grupo Batalha do N9V, que empolgou os mais de 380 estudantes presentes.

"Participar do projeto foi gratificante, nos proporcionou conhecer uma nova cultura e desenvolver nossas poesias de forma bem legal. E a apresentação do Batalha do N9V foi uma surpresa maravilhosa, quero que a escola proporcione mais projetos como este", contou o aluno Davi Braga Braz.



SERVIÇOS PARA