Vacinação contra o sarampo nos postos de saúde até final de agosto


De: Secretaria de Saúde
Texto: Anna Carolina Branco| Foto: Divulgação
Criado: 27 de julho de 2020

A vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba, estará disponível até o dia 31 de agosto em todas as salas de vacina de Vila Velha. A Prefeitura tem intensificado aimunização com o objetivo de atualizar a caderneta de crianças, jovens e adultos que ainda não estão vacinados. 
 
A vacina será aplicada nos bebês a partir de 06 meses de idade que devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário, mas é recomendada pelo Ministério da Saúde devido à circulação do vírus no território.
 
Pessoas com idade entre 1 a 29 anos devem ter duas doses da vacina no cartão de vacinação e as pessoas de 30 a 59 anos uma dose de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. O público de 20 a 49 anos, porém, estará recebendo dose extra da vacina neste período de campanha, independente da situação vacinal, por isso é extremamente importante levar e apresentar a caderneta de vacina para avaliação do profissional de saúde.
 
Não deixe de buscar a unidade de saúde mais próxima à sua residência, mesmo que não possua mais a caderneta de vacina. Sendo necessário, um novo cartão de vacina será emitido para o munícipe.
 
Locais de vacinação
 
Além de manter a oferta da vacina nas unidades de saúde, o PMI promoverá postos volantes itinerantes conforme imagem abaixo, ampliando ainda mais o acesso do público alvo ao imunobiológico, durante o período de intensificação contra o sarampo definido pelo Ministério da Saúde. O objetivo é aumentar ainda mais o número de pessoas protegidas contra a doença que é altamente contagiosa e perigosa, podendo inclusive levar ao óbito.


 
Além disso, é fundamental que o munícipe escolha e compareça a uma das salas de vacina, que estão disponíveis nas cinco regiões de saúde do município para atualização do seu esquema vacinal.
 
Para se informar sobre os horários de funcionamento das US clique AQUI.
 
É necessário, entretanto, que as pessoas evitem aglomerações e respeitem a organização dos serviços, seguindo todas as recomendações de prevenção à COVID-19.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO