Avenida Luiz Manoel Vellozo terá mudanças em cruzamentos


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Gustavo Andrade| Foto: Fabricio Lima
Criado: 02 de julho de 2020

A  Avenida Luiz Manoel Vellozo (antiga Avenida Mimoso do Sul), importante via que fica entre os bairros Coqueiral de Itaparica e Jockey de Itaparica, passará por intervenções, principalmente nos cruzamentos. As mudanças serão feitas pela Prefeitura de Vila Velha por meio da Engenharia de Trânsito.
 
Os objetivos centrais das intervenções são a maior segurança nos cruzamentos, redução do elevado volume de tráfego atual das Avenidas Saturnino Rangel Mauro e Santa Leopoldina, que são vias adjacentes, além de humanizar a região, observando a Avenida Luiz Manoel Vellozo como eixo de mobilidade e acessibilidade compatível com o crescimento de atividades e o adensamento urbano previstos.
 
Serão implantadas rotatórias nos quatro cruzamentos da Avenida Luiz Manoel Vellozo com as ruas Maria de Oliveira Mares Guia, Itacibá, Itabaiana e Itaboraí. Essa é a alternativa mais recomendável para esse perfil de cruzamentos amplos onde não se deseja impedir nenhum tipo de movimento.
 
"São vias largas de mão dupla cruzando a Luiz Manoel Vellozo, também de mão dupla. Então é uma solução que permite reduzir velocidades, organizar os fluxos, criar maior proteção para a travessia de pedestres, humanizando toda a região", assegura o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Junior.
 
A Avenida Luiz Manoel Vellozo é uma via bastante larga com sentido duplo de direção, recém asfaltada, com estacionamento longitudinal e calçadas em ambos os bordos, tendo uma ocupação lindeira predominantemente residencial, ainda pouco adensada e verticalizada, com alguns estabelecimentos com características de comércio e serviço local. Tem início na Rua Humberto Pereira e segue até a Rua Dylio Penedo.
 
Outras alternativas

Estudos da Engenharia de Trânsito apontaram ainda outras medidas que poderão se implementadas, se necessário: implantação de binário nas transversais (Maria de Oliveira Mares Guia, Itacibá, Itabaiana e Itaboraí, transformando as três últimas em mão única de direção); implantação de lombofaixas nessas transversais, nas aproximações dos cruzamentos, impondo uma redução de velocidade e definindo a hierarquia viária (via preferencial x via secundária); e reforço da sinalização por meio de placas de advertência.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO