Prefeitura de Vila Velha e HEMOES se unem em ação de doação de sangue


De: Secretaria de Saúde
Texto: Anna Carolina Branco| Foto: Divulgação
Criado: 25 de junho de 2020

Nesta sexta-feira (26), das 9h às 15h, será realizada uma ação de doação de sangue na EMEF João Calmon, no bairro Praia das Gaivotas. Um ônibus do Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (HEMOES), que tem parceria com a Prefeitura de Vila Velha, estará no local para colher o sangue dos 70 voluntários previamente agendados.

A iniciativa é dos síndicos dos 28 condomínios do Sistema Inocoopes localizados na Praia das Gaivotas, que buscaram a parceria com a PMVV e o Hemoes. Wanderson Pires conta que eles estão mobilizando os moradores a participarem: "Incentivamos através dos grupos de mensagem e colando cartazes nos elevadores", explicou 

A ação ocorre com horário marcado e distribuição de senhas para evitar aglomerações desnecessárias e contribuir com o distanciamento social, reduzindo a possibilidade da transmissão da Covid-19, e, ao mesmo tempo, incentivar a doação de sangue por parte da população do município.

Quem pode doar:

– Pessoas entre 16 e 69 anos;
– Quem tem e está com boa saúde;
– Quem pesa acima de 50 kg;
– Quem dormiu bem na noite anterior à doação;
– Mulheres, mesmo se menstruadas ou em uso de anticoncepcionais.

Quem não pode doar:

– Quem teve hepatite após os 11 anos de idade, exceto se tiver comprovação laboratorial da época de que se tratou de hepatite A (IgM positiva);
– Quem teve exposição a situações de risco relacionadas a doenças sexualmente transmissíveis, nos últimos 12 meses;
– Quem teve gripe, resfriado ou diarreia nos sete dias anteriores à doação;
– Quem ingeriu bebida alcoólica nas últimas 12 horas anteriores à doação;
– Quem já usou alguma vez drogas injetáveis;
– Quem apresenta ferimento ainda não cicatrizado;
– Quem estiver grávida ou em período de amamentação. Após o parto normal é necessário aguardar três (3) meses e após cesárea, seis (6) meses;
– Quem fez qualquer exame endoscópico nos últimos (6) meses;
– Quem fez cirurgia por laparoscopia, nos últimos seis (6) meses;
– Quem fez tatuagem nos últimos 12 meses;
– Quem fez tratamento dentário recente (a pessoa pode ser impedida de doar por um período de 1 a 30 dias, conforme o caso);
– Quem usou piercing nos últimos 12 meses anteriores à doação. Piercing localizado em área genital ou na boca, somente poderá ter liberada a doação após 12 meses da sua retirada.




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO