Agentes de Guarda Municipal participam de treinamento intensivo


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 20 de fevereiro de 2020

Durante oito dias ininterruptos, agentes da Guarda Municipal participam de treinamentos intensivos para o aperfeiçoamento das técnicas policiais. As atividades começaram no dia 14 e se estendem até a próxima sexta-feira (21) em vários locais da cidade. Participam da capacitação quase 30 agentes do Grupamento da Ronda Ostensiva Municipal (Romu).

Na programação, aulas teóricas e práticas sobre direção defensiva/evasiva e técnicas voltadas para a realização do serviço de proteção e segurança no município, obedecendo princípios básicos da técnica policial e uso progressivo da força. Entre as técnicas estão abordagens a veículos, a suspeitos, algemação e condução de pessoas.

A capacitação ainda contou com treinamentos físicos, técnicas de emboscadas, confronto em ambientes com pouca luminosidade, além do emprego de armas e disparos táticos. O objetivo é aperfeiçoar as técnicas utilizadas no trabalho do dia a dia de maneira a aumentar a segurança dos munícipes, dos abordados e também dos agentes.

As atividades do treinamento foram realizadas em vários locais, como na sede da Guarda Municipal, em Novo México; em uma área no bairro de Araçás, no Retiro do Congo e no 38º Batalhão de Infantaria do Exército, na Prainha.

“A preparação constante dos agentes da Guarda Municipal é de fundamental importância para que eles exerçam suas atividades com mais eficácia e eficiência. Quem ganha com isso é o munícipe canela-verde”, destacou o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Junior.

O subinspetor da Guarda Municipal Franz de Oliveira Stinghel, que comanda a Romu, disse que o treinamento além de aperfeiçoar a técnica, traz mais segurança, agilidade e eficiência para equipe nas ruas”, enfatizou.

“A instrução trouxe conhecimento sobre as principais técnicas universais da formação policial que normalmente são desenvolvidas nas academias de polícia. O treinamento, além de aperfeiçoá-los, vai enriquecer o trabalho que eles já fazem no dia a dia”, explicou o instrutor e policial civil aposentado Marcos Vinicius, do Centro de Treinamento de Técnicas e Táticas Especiais (CTTE).




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO