148 anos de muita história no Farol de Santa Luzia


De: Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Texto: Luiz Brumana e Gustavo Andrade| Foto: Divulgação
Criado: 06 de setembro de 2019

O Farol de Santa Luzia completa, neste sábado (07), 148 anos de fundação. A estrutura, inclusive, foi inaugurada por Dom Pedro II e fica localizada na Praia da Costa e conta com vista privilegiada da Baía de Vitória.
 
A histórica estrutura, um dos pontos turísticos mais visitados do Estado, atualmente recebe visitantes de diversas partes do Estado, do país e até do mundo. A universitária Rafaela Marvila, de 27 anos, que é de Marataízes, no Sul do Espírito Santo, se encantou pelo farol e defende que os capixabas devem explorar e divulgar mais as belezas locais.
 
“Aqui, além de trazer a história incrível de nosso Estado, nos encanta e traz paz. O som do mar, o canto dos pássaros e o visual é fantástico. O Espírito Santo é lindo. Não só de moqueca deveríamos ser lembrados", opina.
De acordo com Jairo Santos, coordenador do Farol de Santa Luzia, o local tem recebidos turistas de Argentina, Chile, Equador, Bolívia, Noruega, Suíça, Rússia, Austrália, Estados Unidos.

“Nos últimos 10 meses, pessoas de 44 países dos cinco continentes visitaram o farol. E nesse mesmo período, passaram pelo ponto turístico visitantes dos 26 estados da federação, mais o Distrito Federal", afirma.

O local rende um belo passeio de fim de semana e fotos com visual único. Além disso, um deque com um leme que simula uma embarcação e uma exposição permanente de vários tipos de nós de Marinha comtemplam a atração turística.
 
Histórico
 
O farol entrou em funcionamento em 1871, quando foi inaugurado por D. Pedro II (1840-1889), visando orientar as embarcações que normalmente transitam para os portos de Vitória, Vila Velha e Tubarão. 
 
Com iluminação inicial a querosene, o farol conta com 17 metros de altura e alcance de 32 milhas marítimas. A torre metálica foi feita de placas trazidas da Escócia, em 1870. Atualmente é iluminado por lâmpadas 300 watts e quatro focos servindo de orientação para navegação direcionada aos portos de Vitória, Vila Velha e Tubarão.
 
O terreno onde está situado o Farol Santa Luzia foi doado à União em 1913 pelo Dr. Hermano Santana e sua esposa e, posteriormente, entregue a Marinha do Brasil em 1985, atual responsável pela área. Além do farol, o local abriga uma vila residencial militar, com três casas, dentre elas, a do faroleiro, encarregado da manutenção do Farol.
 
Por pertencer à Capitania dos Portos, é área de segurança. Porém, um convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Vila Velha tornou possível sua abertura à visitação, depois de dez anos fechado.
 
Visitação
 
A Prefeitura de Vila Velha mantém no local estagiários para orientar os visitantes. Ele está aberto à visitação pública de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, com o fechamento dos portões às 16h30.

Além disso, um deque com um leme que simula uma embarcação e uma exposição permanente de vários tipos de nós de Marinha completam as adequações feitas.

O acesso é permitido para grupos de até 25 pessoas por vez, que poderão permanecer no espaço por até 20 minutos. Grupos maiores que 25 pessoas e escolas devem agendar horário. A entrada é gratuita.




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO