Obras de macrodrenagem e saneamento licitadas neste semestre


De: Secretaria de Planejamento e Projetos Estratégicos
Texto: Luiz Brumana| Foto: Felix Falcão
Criado: 11 de junho de 2019

Vila Velha vai receber obras de saneamento e macrodrenagem, que começarão a ser licitadas e até mesmo iniciadas já partir dos próximos meses. Entre os bairros atendidos estão aqueles que compõem a Região 4 (Grande Cobilândia), Terra Vermelha, Riviera da Barra, Balneário Ponta da Fruta, entre outros. Este foi o foco das apresentações dos membros do Governo do Estado durante o debate do Orçamento Participativo, nesta segunda-feira (10), no Teatro Municipal, Centro.

Depois de debater, na semana passada, as ações que serão empreendidas pela Prefeitura de Vila Velha, foi a vez de apresentar à população as perspectivas de convênios e parcerias com os órgãos estaduais para a área de Infraestrutura.

A missão ficou a cargo do presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Ceasa), Carlos Aurélio Linhalis, o Cael; do presidente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Luiz César Maretto; e do representante da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Márcio Passos.

O prefeito Max Filho fez questão de exaltar a parceria: “A presença de vocês representa que o governo do Estado está dando atenção à Vila Velha. Conte sempre conosco”.

Logo no início, Max ressaltou os onze convênios assinados pelo governador Renato Casagrande para obras que vão privilegiar a Região 5, as quais classificou como sendo “investimentos importantes”. Citou, além disso, a Parceria Pública Privada da Cesan visando universalizar o tratamento de esgoto na cidade.

Abastecimento

Entre os membros do Executivo estadual, o primeiro a se pronunciar foi o presidente da Cesan. Cael apresentou o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, que prevê sistema de esgotamento sanitário em Vila Velha com a implantação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Grande Terra Vermelha e a ampliação da ETE de Araças.

Entre os bairros contemplados, estão: Santa Paula 1 e 2; Riviera da Barra; Cidade da Barra; São Conrado; 23 de Maio; Ulisses Guimarães; Terra Vermelha; Barramares; Morada da Barra e Balneário Ponta da Fruta.

“É uma obra importantíssima para a região metropolitana”, considerou. Cael ainda completou: “A estrutura do contrato, feito pelo Governo do Estado, é de R$ 327 milhões de dólares. Beneficiará 1,8 milhão de pessoas”.
Os recursos são oriundos de um empréstimo junto ao Banco Mundial (Bird) e com a previsão de início dos contratos para obras é o primeiro trimestre de 2020.

Bombeamento

Já o representante da Sedurb, Márcio Passos, garantiu que o Governo do Estado está atuando para garantir recursos junto ao Governo Federal visando investimentos em macrodrenagem nas bacias de Vila Velha.

“Vim trazer notícias boas. Estivemos em Brasília para garantir recursos para Vila Velha na ordem de R$ 320 milhões. Hoje bombeamos excesso de água entre 25 m³ a 30m³ por segundo; com o projeto será 130m³ por segundo”, explicou. A licitação, segundo ele, foi enviada para publicação nesta segunda-feira (10).

Por fim, Luiz César Marreto, do DER, explicou as causas dos alagamento em regiões como a Grande Cobilândia e garantiu ações, como limpeza dos canais. Um Termo de Ajuste de Conduta será assinado nos próximos dias prevendo um termo aditivo no projeto da Rodovia Cláudio Henrique Laranja (Leste-Oeste), a Leste Oeste, para a ação.

“Possivelmente vamos entrar em Vila Vela já na próxima semana”, explicou, definindo como ações emergenciais para amenizar os impactados caso ocorra grande quantidade de chuvas na Grande Vitória. 

Ao final, lideranças comunitárias puderam tirar dúvidas e apresentar as demandas de suas regiões com os membros do poderes Executivos municipal e estadual. Além do prefeito Max Filho e dos representantes do Governo do Estado, participaram deste 4º Encontro do Orçamento Participativo o secretariado municipal e vereadores. O próximo encontro ocorre no dia 17 de junho, também no Teatro Municipal, e terá como tema o Meio Ambiente.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO