Fiscais interditam estabelecimento de recicláveis por funcionamento irregular


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 21 de novembro de 2018

Para o ordenamento da cidade, uma equipe da Prefeitura de Vila Velha realizou, na manhã desta quarta-feira (21), uma ação de fiscalização em três estabelecimentos de comércio de material reciclável no bairro Divino Espírito Santo. Um dos estabelecimentos foi interditado e os outros dois foram notificados a regularizar o funcionamento.

Durante a ação foram lavradas 20 notificações. A Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (Ascavila), na Rua Doralice Queiroz, foi interditada pelos fiscais de Posturas, por descumprimento da notificação aplicada em 23 de julho para providenciar o Alvará de funcionamento. O estabelecimento também foi notificado a promover adequações sanitárias e ambientais.

Outros dois empreendimentos de material reciclável, na Rua Agenor de Souza Lé, no mesmo bairro, também foram notificados a providenciar os alvarás de funcionamento, licenças ambientais, de obras e adequações sanitárias para a comercialização de produtos como papelão, plásticos e metal, entre outros materiais.

“Eu acho correto essas operações”, reagiu a proprietária de um dos estabelecimentos Marta Rodrigues de Freitas. E acrescentou: “Nós temos que trabalhar de forma regularizada”, disse. “Se for para melhorar, a fiscalização é sempre boa”, opinou a funcionária do outro empreendimento notificado.

“A ação faz parte de um plano maior da Prefeitura para manter o bairro organizado, limpo e proporcionar qualidade vida para as pessoas”, disse a secretária municipal de Serviços Urbanos, Marizete de Oliveira Silva.
Segundo ela, a Prefeitura realiza a limpeza ordinária três vezes por semana no bairro. “Vamos intensificar ações como essas para garantirmos mais proteção e segurança aos munícipes”, destacou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Oberacy Emmerich Jr.

A ação foi realizada pela Comissão Interna de Fiscalização Integrada (Coifin) da Secretaria de Defesa Social e Trânsito que congrega fiscais de Posturas, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, Obras, além de servidores da Ouvidoria com apoio de agentes da Guarda Municipal.
 



SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO