Mais pontos de coleta seletiva devem ser abertos em Vila Velha

De: Secretaria de Serviços Urbanos
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 12 de setembro de 2018
Vila Velha vai ampliar o serviço de coleta seletiva no município. Em reunião na noite desta segunda-feira (10) com mais de 30 síndicos de condomínios na orla da Praia da Costa, Itapuã e Itaparica, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu) apresentou o projeto de expansão do serviço na cidade. Várias entidades já aderiram ao projeto.

Com a ampliação do serviço, a Prefeitura pretende reciclar pelo menos 30% das 17 mil toneladas de lixo recolhidos por mês na cidade. Atualmente, são recicladas apenas 25 toneladas. Os bairros da Barra do Jucu, Jardim Marilândia e Interlagos além das Escolas da Rede Municipal da Região 1 e 5, a sede da PMVV, a Universidade de Vila Velha (UVV) e o Polo de Moda da Glória já estão entre os locais beneficiados com a coleta seletiva.

O serviço beneficia hoje 17 famílias de catadores que trabalham na Associação de Catadores de Material Reciclável (Revive). “Vai ser muito bom e, com certeza, teremos mais famílias de catadores a serem beneficiadas”, avaliou a presidente da Revive, Rosana do Rosário. E ainda acrescentou: “Nós dependemos muito desse material para trabalharmos”.

Como fazer a separação do lixo seco a ser reciclado e o lixo úmido figuraram entre os assuntos abordados durante o encontro que também contou com explicações sobre a adesão ao serviço da coleta seletiva. Para isso basta entrar em contato pelo e-mail lixoseco@vilavelha.es.gov.br, que o município avaliará a possibilidade da implantação do serviço no local.

“A nossa ideia é ampliar cada vez mais o serviço no município”, anunciou a secretária da Semsu, Marizete de Oliveira Silva, ao acrescentar que está sendo preparada uma campanha educativa para a conscientização a população sobre os benefícios da reciclagem. Silva também disse que as entidades como o Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Espírito Santo (Sindbares), a Associação Capixaba de Supermercados (Acaps), o Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria (Sindipães) e o Colégio Marista estão aderindo ao projeto.

“Trará um benefício muito grande para o nosso prédio”, avaliou a síndica do Edifício Vila Veneto, na orla da Praia da Costa, Valéria Coser Boynardy. “Sempre avaliei como muito positivo a coletiva seletiva”, disse a moradora do Edifício Augusto Gotardo, também na orla da Praia da Costa, Mônica Arnosti, acrescentando que “todos devem ter essa consciência do benefício da reciclagem”, opinou.

SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO