Zoonoses realiza desratização na orla de Itapuã

De: Secretaria de Saúde
Texto: Marcelo Martins| Foto: Divulgação
Criado: 06 de junho de 2018
A desratização de toda extensão do calçadão da Praia de Itapuã foi realizada no início desta semana pela equipe da Vigilância de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A partir de uma investigação de foco, foram observadas condições ideais para o aumento da proliferação de roedores ao longo do calçadão, pois se abrigam na vegetação de restinga.

De acordo com a coordenadora da Vigilância de Zoonoses, Wanessa Pachito, se faz necessária a conscientização de comerciantes, vendedores ambulantes e moradores para que não depositem restos e embalagens de alimentos consumidos no calçadão nem lançar irregularmente na área de restinga, onde encontram-se as tocas de ratos.

“Tendo em vista que a restinga é área preservada, não pode ser removida. E não é possível encontrar tocas embaixo de vegetação densa para aplicação de raticida, pois, além de tal prática representar risco de atingir espécies não alvo da fauna existente no local, a única intervenção possível para controlar a proliferação de roedores e outras pragas urbanas como baratas e caramujos, é melhorar o manejo dos resíduos de alimentos descartados no local,” orienta coordenadora, enfatizando que a limpeza do local é essencial na eficácia do controle químico por meio da desratização em vias públicas.

SERVIÇOS PARA