Vila Velha quer incentivar projetos de economia criativa

De: Secretaria de Governo
Texto: Priscila Contarini| Foto: Felix Falcão
Criado: 12 de janeiro de 2018

A economia criativa é o conjunto de negócios baseados no capital intelectual e cultural e na criatividade que gera valor econômico. Por acreditar nessa tendência, foi realizada, na manhã dessa sexta-feira (12), na Prefeitura, mais uma reunião entre setor público e privado para dar continuidade ao fomento da economia criativa no município de Vila Velha.

O secretário municipal de Governo, Saturnino de Freitas Mauro, comentou que foi criado um grupo para pesquisar e identificar o potencial da economia criativa no município de Vila Velha. “Com a pesquisa, dentre outras ações, será possível a formulação de ideias para trabalhar o potencial turístico do sítio histórico da Prainha e o desenvolvimento de uma rede inteligente de comunicação chamada smart grid que, integrada ao projeto de expansão da iluminação pública municipal, também possibilitará a implementação da rede de Wi-fi na cidade,” ressaltou.
 
O subsecretário municipal de Turismo, Carlos Von, destacou que, cinco meses após a primeira reunião, dezenas outras já foram realizadas para debater o tema. “Baseado nos encontros, será desenvolvido um plano da economia criativa que será apresentado pelo prefeito com as diretrizes”.
 
Fernando Dória Porto, um dos representantes do grupo de empresários, comentou que a categoria tem interesse de trabalhar com a Prefeitura na busca pela construção de uma cidade inteligente, criativa, sustentável e humana. “Percebemos que uma das saídas para a indústria e para a cidade seria tratar da economia criativa, comum já em países da Europa”.
 
A próxima reunião tem previsão de ser realizada no dia 23 de fevereiro. O objetivo é traçar metas e dar continuidade as pesquisas para identificar os novos potenciais no município.


SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO