Bike VV: Prefeitura apresenta serviço de compartilhamento de bicicletas

De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Priscila Contarini| Foto:
Criado: 14 de novembro de 2017

O verão está chegando e a Prefeitura de Vila Velha vai oferecer mais um serviço de lazer para população curtir a época mais quente do ano! O Prefeito de Vila Velha, Max Filho, dará a ordem de serviço para o início do serviço de compartilhamento de bicicletas, o ‘Bike VV’, na manhã dessa quarta-feira (15), às 10h, na Praça do Ciclista, localizada no final da Praia de Itaparica. Na ocasião haverá também a demonstração de como funciona o sistema. O ‘Bike VV’ começa a funcionar em dezembro e contará com 20 estações.

 A Prefeitura de Vila Velha inicia a prestação do serviço, oficialmentem, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (SEMDU), junto com a empresa Tembici (M2 Soluções em Engenharia), em parceria com a Samp e Banestes, no dia 15 de dezembro.

"Convidamos a todos para participar do lançamento desse sistema", disse o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (SEMDU), Antônio Marcus Carvalho. “O projeto é bem abrangente em termos de sociedade e quer criar mecanismos para todos. Os trabalhadores também serão beneficiados, assim como os espaços públicos poderão ser inclusivos e palco também da acessibilidade. Bicicletas duplas serão disponilizadas para permitir acesso ao serviço às pessoas com deficiência visual, pois elas poderão estar sempre acompanhadas”, declarou. "É importante ressaltar que, além de oportunizar o lazer, a economia do município e o turismo local também serão dinamizados", complementou o secretário.
 
A estimativa feita por técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu) é de que o serviço atenda a mil usuários diariamente.
 
Como utilizar o serviço?
 
Inicialmente para ter acesso as bicicletas o usuário deverá ter um plano ativo.  Para isso será necessário realizar o cadastro no App Tembici (disponível para sistemas Android e IOS) ou no site www.bikevv.com.br. Os usuários dos planos mensais e anuais terão acesso ao cartão do usuário por um custo de R$ 5,00, sendo possível adquirir os planos também pelo aplicativo ou portal.  Já os planos diários também podem ser adquiridos diretamente nas estações com totem de autoatendimento, que representam 30% das estações.

Após pagar a taxa de adesão de acordo com a sua necessidade (diária, mensal ou anual), o usuário terá direito a uma viagem de até 60 minutos. Será possível ainda fazer quantas viagens quiser pagando somente este valor, durante todo o dia, respeitando o intervalo de 15 minutos entre as viagens.  Porém, se o usuário retirar a bicicleta antes do intervalo de 15 minutos, sua utilização será cobrada e contabilizada como se fosse uma outra viagem.  A ideia é estimular as viagens curtas e o compartilhamento.
 
Valores

Serão 200 bicicletas que poderão ser alugadas em 20 pontos do município. Os usuários poderão utilizar as bikes das 5 horas à meia-noite (0 hora).
O empréstimo da bicicleta pode ser feito: através do app, diretamente na estação - caso seja um totem de autoatendimento, ou usando o cartão do usuário. 
Os valores dos planos são: R$ 5,40 plano diário, R$ 10,80 plano mensal e R$ 67,50 plano anual.
Formas de pagamento: pelo App Tembici, no site Bike VV e nos totens de autoatendimento somente com cartão de crédito.
 
Confira, abaixo, as estações que começam a funcionar dia 15/12:

Mais informações:
 
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Nas bicicletas:
- Cesto adaptável para o tamanho da bagagem de mão do ciclista, sem acumular água ou sujeira;
- Banco confortável e canote do selim com marcas para ajuste de altura;
- Configuração de marchas para três velocidades e sistema de freios ‘Rollerbrake”, que garante freadas mais seguras;
- Refletores frontais e traseiros com sistema de iluminação “Dynamo” com 10 mil horas de vida útil e que permanece aceso por até 90 segundos, dando mais segurança para quando o ciclista aguarda no semáforo;
- Dispositivo de trava com sistema anti furto, exclusivo no Brasil

Nas estações:
- Layout exclusivo que não gera poluição visual, foram concebidas para operar de forma ágil, inteligente e simples;
- Abastecimento por painéis solares que garantem a autossuficiência energética (preparadas para eventual uso de bicicletas elétricas futuramente);
- Média de 18 vagas por estação;
- Quiosque com interface de pagamento digital, de forma mais didática e de fácil utilização, com comunicação sem fio que agiliza o processamento de pagamentos e a transmissão de dados. 

No aplicativo:
- Permite o ciclista planejar o passeio, pagar e desbloquear a bicicleta com o código gerado pelo aplicativo;
- Encontrar estações próximas manualmente ou usando GPS do dispositivo;
- Encontrar bicicletas disponíveis por pontos de devolução livres;
- Marcar as estações favoritas.
(Com informações da Tembici)

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO